Carregando Idioma...

Feudalismo

Feudalismo

Se localize:

Tempo: Séculos V a XII
Espaço: Europa Ocidental

Feudalismo, também chamado de sistema feudal é um conceito que designa as condições sociais, econômicas e políticas na Europa ocidental durante o início da Idade Média, o longo período entre os séculos V e XII. O Feudalismo não é o equivalente a Idade Média, mas sim um modo de vida que está inserido no período em questão.

A versão clássica do feudalismo descreve um conjunto de obrigações legais e militares recíprocas entre a nobreza guerreira, girando em torno dos três conceitos-chave de senhores, vassalos e feudos. Um senhor era, em termos gerais, um nobre que possuía terras, um vassalo era uma pessoa que recebeu a posse das terras pelo senhor e um feudo era o nome da terra.

Em troca do uso do feudo e da proteção do senhor, o vassalo prestaria algum tipo de serviço ao senhor. Havia muitas variedades de posse de terra feudal, consistindo em serviço militar e não militar. As obrigações e direitos correspondentes entre senhor e vassalo a respeito do feudo formavam a base da relação feudal.

O feudalismo, em suas várias formas, geralmente surgia como resultado da descentralização de um império, especialmente nos impérios carolíngios, que careciam da infraestrutura burocrática necessária para apoiar a cavalaria sem a capacidade de alocar terras para essas tropas montadas. Os soldados montados começaram a garantir um sistema de governo hereditário sobre suas terras e seu poder sobre o território passou a abranger as esferas social, política, judicial e econômica.

Muitas sociedades na Idade Média foram caracterizadas por organizações feudais, incluindo a Inglaterra, que era a sociedade feudal mais estruturada, França, Itália, Alemanha, o Sacro Império Romano e Portugal. Cada um desses territórios desenvolveu o feudalismo de maneiras únicas, e a maneira como entendemos o feudalismo como um conceito unificado hoje se deve em grande parte às críticas após sua dissolução.

Karl Marx teorizou o feudalismo como uma sociedade pré-capitalista, caracterizada pelo poder da classe dominante (a aristocracia) em seu controle das terras aráveis, levando a uma sociedade de classes baseada na exploração dos camponeses que cultivam essas terras, normalmente sob a servidão e principalmente por meio de trabalho, produção e renda monetária.

A pirâmide feudal
A pirâmide feudal

A maior parte dos moradores de um feudo era composta por camponeses. Eram eles que trabalhavam na terra e costumavam pagar com parte da produção, do trabalho e até mesmo em espécie pela proteção que recebiam. Quase sempre, os camponeses vivam em regime de servidão e isso significava dever lealdade a seu senhor.

Mas lembre-se: um servo não é uma posse, como um escravo, Os servos eram homens livres, presos a um juramento. Além disso, não existiam muitas opções e acabava sendo preferível viver na segurança de um feudo.

Exemplo de um Feudo
Exemplo de um Feudo

Publicações Relacionadas

RELIGIÃO E CULTURA NA ORDEM FEUDAL

O REINO DOS FRANCOS E O IMPÉRIO CAROLÍNGIO

Alta Idade Média O MUNDO MEDIEVAL

Crise do Feudalismo: baixa idade média

A sociedade feudal

Bárbaros e Francos