Carregando Idioma...

GRANDES NAVEGAÇÕES: A CONQUISTA DA AMÉRICA

GRANDES NAVEGAÇÕES: A CONQUISTA DA AMÉRICA

Idade moderna período histórico que vai do século XV ao XVIII

A passagem da idade média para os tempos modernos foi marcada por profundas e intensas transformações. Entre essas transformações destaca-se osurgimento do capitalismo econômico e da racionalização da divisão dotrabalho em um processo de expropriação da produção, possibilitando a obtenção e a acumulação primitiva do capital, que fez surgir uma nova classe social – a burguesia mercantil.

Permeado por esse contexto, o renascimento, e a reforma protestante inferiram com notável surto de inovações, nas artes, nas ciências, nas técnicas e na escrita, tendo na alfabetização uma forma de leitura e interpretação de registro de fatos, dados e informações.

O impacto dessas transformações exigiu a criação do Estado moderno, oqual foi apoiado pela classe burguesa, ou seja, a centralização do poderpolitico/econômico e religioso nas mãos das monarquias nacionais, ou seja, o fortalecimento da autoridade do rei – legitimação do poder.

Dessa forma, podemos dizer que os europeus foram impelidos a empreender as grandes navegações por duas razões: econômica, demandada pela necessidade de expandir o comercio e obter lucros, grande quantidade de metais preciosos, especiarias e produtos exóticos.

A segunda razão naquela circunstancia foi uma confluência de outros estímulos da natureza humana: ambições pessoais, espirito de aventura e fervor religioso (propagação da fé cristã) reunido esses anseios, o Estado Moderno, com sua monarquia fortalecida e unificada, configurou-se como instrumento capaz de concretizar as grandes navegações, graças aos impostos cobrados, empréstimos dos bancos e financiamento da burguesia mercantil – assim, as viagens além mar obteve capital necessário para operacionalizar.

CARACTERÍSTICAS DO ESTADO MODERNO:

Monopólio da força legitima.

Burocracia administrativa: Organização operacional de tarefas eações, caracterizada por regras e procedimentos regularizados;

Força bélica: Forças armadas permanentes para assegurar a ordempública, a autoridade do governo e a soberania da nação;

Tribunais de justiça: Leis unificadas, legislação nacional e uma justiçaatuante no território do estado nação;

Sistema tributário: Sistema de arrecadação de tributos, impostos etaxas regulares e obrigatórias para a manutenção da maquinaadministrativa do governo;

Políticas sociais: Sistemas de organização social e estabelecimento deuma “gestão” diretiva para a infraestrutura no contexto geográfico-social.

  1. EXPANSÃO COMERCIAL MARÍTIMA:

No inicio XV, era intenso o comercio de produtos vindos do Oriente: as chamadas especiarias, esse produtos eram trazidos pelos Árabes até o porto do Mediterrâneo, com o alto custa, as guerras e crises, os europeus são forçados a buscarem um novo caminho fora dessa rota para a obtenção dos lucrativos produtos.

Progresso técnico e cientifico que contribuíram para as navegações:

 Instrumentos de navegação – bússolas;

 Equipamentos bélicos – canhão, pólvora;

 Mapas – cartografias.

2. A EXPANSÃO PORTUGUESA: Aventura além-mar

Portugal foi o primeiro país a empreender as grandes navegações no século XV, à nova rota marítima deu a Portugal a oportunidade de integrar-se as atividades mercantis nas regiões mais prospera do continente.

A expansão portuguesa teve inicio em 1415 no Ceuta, ao norte da África. Pouco a pouco a expansão portuguesa estendeu-se ao longo de todo o litoral africano.

Nessa mesma época deram inicio ao trafico de escravos e ao processo de colonização como modelo da sua ocupação nos territórios conquistados.

Com a satisfação das conquistas Portugal esboçou um projeto ambicioso: Chegar as Índias com o objetivo de impor seu domínio sobre o comercio dos produtos orientais.

Publicações Relacionadas

Reforma religiosa

Independência dos EUA: REVOLUÇÃO NA AMÉRICA DO NORTE

Antigo Regime

Revoluções Inglesas e Guerra dos 30 anos

O Iluminismo

Absolutismo Monárquico