Carregando Idioma...

Iluminismo - Resumo

Iluminismo - Resumo

O Iluminismo é um movimento cultural e filosófico do século XVIII, que por isso ficou conhecido como Século das Luzes.

Esse movimento nasce como um instrumento de crítica ao Antigo Regime pregava uma nova forma de pensar e enxergar o mundo, valorizando a ciência e a luz razão em oposição à moral da Igreja Católica, ao Estado dominada por nobres e reis absolutistas e à política econômica mercantilista, rigidamente controlada pelo Estado.

Por isso, o iluminismo está intimamente ligado à deposição de reis e a decorrente substituição por democracias burguesas na Europa nos séculos seguintes, como a Revolução Francesa, de 1789.

A estrutura política do Antigo Regime
A estrutura política do Antigo Regime

Entretanto, é muito importante ressaltar que o Iluminismo não é um movimento burguês para tomar o poder ou algo semelhante, pois ele nasce na cabeça de pensadores e filósofos (alguns deles nobres), que propunham novas concepções políticas, econômicas e culturais na Europa. muito embora suas ideias tenham alcançado grande parte do mundo ocidental, influenciando movimentos como a Independência dos Estados Unidos e o fim do colonialismo em toda a América, inclusive no Brasil!

Na verdade, para se ter uma ideia da tremenda importância do Iluminismo, basta saber que ele está entre nós até hoje! Muitas das ideias criadas por seus filósofos estão presentes nas democracias do século XIX, como a separação em três poderes, a constituição, o voto ampliado, o Estado Laico e principalmente na noção de que a política pode ser exercida por todos e não apenas por um grupo restrito de nobres ou clérigos.

Para além da política, o Iluminismo está presente na forma como as sociedades atuais valorizam o indivíduo, entendendo o homem como portador de virtudes, ou seja, como alguém que busca a perfeição e é plenamente capaz de melhorar o mundo através do uso da razão.

Assim, conseguimos entender uma concepção chave do pensamento iluminista: o Liberalismo. O liberalismo é, fundamentalmente, a ideia de que o homem, uma vez livre das amarras do Estado real e da Igreja Católica, é capaz de prosperar e criar uma sociedade melhor. Daí os três principais liberalismos, o político, o econômico e o religioso.

Se você encontrou semelhanças com as ideias dos renascentistas, muito bem! Ambos, renascentistas e iluministas, bebem na mesma fonte do pensamento clássico, da Grécia e da Roma Antiga.

Grosso modo, podemos resumir o pensamento iluminista em alguns pontos principais:

  • Humanismo

  • Racionalismo

  • Individualismo

  • Liberalismo

  • Deísmo (acredita-se em Deus, mas não na instituição Igreja Católica como meio de atingir a Deus)

Um conhecido ponto de partida político para o movimento iluminista foi a Enciclopédia de Diderot e D´Allambert. Feita por meio de textos curtos, ela almejava reunir, em um só livro, todo o conhecimento humano. Nela, diversos autores, mais tarde associados ao movimento, como Rousseau, Voltaire, Condorcet e Montesquieu.

Além deles, outros pensadores importantes do Iluminismo foram John Locke, Adam Smith, David Hume e Baruch Espinosa.

Você poderá conhecer todos esses autores em outros textos aqui no site!

Publicações Relacionadas

Reforma religiosa

Independência dos EUA: REVOLUÇÃO NA AMÉRICA DO NORTE

Antigo Regime

Revoluções Inglesas e Guerra dos 30 anos

GRANDES NAVEGAÇÕES: A CONQUISTA DA AMÉRICA

O Iluminismo