Carregando Idioma...

Lista de Exercícios FUVEST Era Vargas

Preparação para a FUVEST gratuita! Lista de exercícios FUVEST sobre Era Vargas. Exercícios com gabarito!

Lista de Exercícios FUVEST Era Vargas

1. (Fuvest 2015) 

Estimativa da população do Brasil (1700-1970)

Ano

População em milhares de habitantes

(inclui populações indígenas e escravas)

1700

300

1770

2.000

1810

4.000

1870

10.000

1920

30.600

1970

100.000

www.ibge.gov.br. Acesso em 18/11/2014. Adaptado.

 

Com base nos números apresentados na tabela acima, identifique e explique o fator determinante para o aumento populacional registrado entre

a) 1700 e 1770;

b) 1920 e 1970.  

 

2. (Fuvest 2020)  A chamada “questão trabalhista” no Brasil foi objeto de conflitos, debates e regulamentações entre os anos 1920 e 1946. Identifique uma das dimensões deste processo.

a) O liberalismo oligárquico atribuiu ao Estado, por meio da reforma de 1924, o papel de mediador entre o operariado e o patronato.    

b) A Constituição de 1934 garantiu o direito à organização sindical e abriu espaço para a proteção dos direitos dos trabalhadores.    

c) O direito de greve e a regulamentação do salário mínimo foram algumas das novidades previstas na Consolidação das Leis do Trabalho (1943).   

d) A criação do sindicato único contribuiu para a emergência de lideranças combativas ao obrigar todos os trabalhadores a se filiarem a tais associações.   

e) A Carteira de Trabalho foi um instrumento de controle e dominação, que distinguia o trabalhador e esvaziava o poder dos sindicatos.   

 

3. (Fuvest 2019)  Observe com atenção as duas imagens, que remetem à propaganda política durante a Era Vargas (1930-1945), e responda ao que se pede.

 

a) Aponte um elemento formal de mobilização comum aos dois cartazes.

b) Identifique os dois movimentos políticos representados nas propagandas a que se referem as duas imagens.

c) Mencione um traço convergente e outro divergente entre as plataformas destes projetos políticos.

 

4. (Fuvest 2014)  Subindo ao poder em outubro de 1930, Getúlio Vargas nele permaneceu por quinze anos, sucessivamente, como chefe de um governo provisório, presidente eleito pelo voto indireto e ditador. Deposto em 1945, seria eleito presidente pelo voto popular em 1950, não chegando a completar o mandato por se suicidar em 1954.

 

Boris Fausto. História do Brasil. 2ª ed. São Paulo: Edusp, 1995, p. 331. Adaptado.

 

O primeiro período de governo de Getúlio Vargas (1930‐1945) iniciou‐se com um golpe; o último (1951‐1954), com um processo eleitoral direto.

 

a) Identifique outras duas diferenças entre esses períodos.

 

b) Caracterize as relações entre o Brasil e os Estados Unidos da América em cada um desses períodos.

 

5. (Fuvest 2012)  O Estado de compromisso, expressão do reajuste nas relações internas das classes dominantes, corresponde, por outro lado, a uma nova forma do Estado, que se caracteriza pela maior centralização, o intervencionismo ampliado e não restrito apenas à área do café, o estabelecimento de uma certa racionalização no uso de algumas fontes fundamentais de riqueza pelo capitalismo internacional (...).

 

Boris Fausto. A revolução de 1930. Historiografia e história. São Paulo: Brasiliense, 1987, p. 109-110.

 

Segundo o texto, o Estado de compromisso correspondeu, no Brasil do período posterior a 1930,

a) à retomada do comando político pela elite cafeicultora do sudeste brasileiro.   

b) ao primeiro momento de intervenção governamental na economia brasileira.   

c) à reorientação da política econômica, com maior presença do Estado na economia.   

d) ao esforço de eliminar os problemas sociais internos gerados pelo capitalismo internacional.   

e) à ampla democratização nas relações políticas, trabalhistas e sociais.   

 

6. (Fuvest 2010)  O conceito de revolução, aplicado ao movimento de 1930 no Brasil, e alvo de polêmica entre historiadores. Independentemente da controvérsia, não ha como negar que houve mudanças importantes, nessa década, com relação as diretrizes da política econômica e a questão social.

 

Explique as mudanças no que se refere a

 

a) política econômica.

b) questão social.

 

Gabarito:  

 

Resposta da questão 1:
 a) O crescimento da população entre 1700 e 1770 foi impulsionado pela economia baseada na exploração de ouro e de pedras preciosas principalmente em Minas Gerais. O Brasil colônia recebeu um considerável fluxo de portugueses e de escravos de origem africana para o trabalho nas minas, agricultura, além do comércio e serviços nas cidades mineiras que cresceram na época como Ouro Preto e Tiradentes.

 

b) Entre 1920 e 1970, o país atravessou um período de industrialização e urbanização mais acentuado, atraindo fluxos significativos de imigrantes, principalmente europeus. Além disso, houve avanços importantes no saneamento básico e na medicina que resultaram na diminuição da taxa de mortalidade. Assim, como a taxa de natalidade era elevada, houve um grande crescimento vegetativo da população até a década de 1970. A partir de então, a população do país continuou crescendo, mas em ritmo mais lento devido à queda da taxa de natalidade.  

 

Resposta da questão 2:
 [B]

 

Desde a Primeira República, 1889-1930, diversos manifestações operárias, greves, etc., já reivindicavam uma legislação trabalhista. Porém nesse contexto, a questão social era vista como uma questão de polícia. Na Era Vargas, 1930-1945, o governo entendeu que a questão social é uma questão de Estado. Desta forma, o governo Vargas criou a CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas durante seu longo governo. Na constituição de 1934 já havia algumas cláusulas sobre a questão trabalhista. Gabarito [B].  

 

Resposta da questão 3:
 a) Ambos os cartazes fazem uma convocação direta e impositiva ao espectador.

 

b) Imagem da esquerda: Revolução Constitucionalista de 1932. Imagem da direita: mobilização da Ação Integralista Brasileira.

 

c) Convergente: ambos os movimentos opunham-se a Vargas. Divergente: a Revolução de 1932 tinha caráter constitucional e a mobilização da AIB tinha caráter totalitário de poder.  

 

Resposta da questão 4:
 a) O contexto histórico mundial em 1930 foi marcado por um Estado forte, intervencionista e com ênfase nacionalista. O cenário mundial em 1950 era bem diferente. Com o fim da II Guerra Mundial em 1945 e a derrota dos regimes totalitários o mundo começa a se redemocratizar valorizando mais a liberdade, a democracia e o individualismo.

 

b) Na década de 1930, no contexto da II Guerra Mundial, Vargas se aproximou do EUA devido a “Política da Boa vizinhança” do presidente dos USA Franklin D. Roosevelt. Na década de 1950 a relação entre Brasil e EUA foi tensa devido, entre outros, ao nacionalismo de Vargas que criou estatais como a Petrobrás e a Guerra da Coreia na qual Vargas não enviou tropas brasileiras para lutar na Guerra da Coreia que ocorreu entre 1950-1953.  

 

Resposta da questão 5:
 [C]

 

A resposta pode ser obtida pela leitura atenta do texto e sua interpretação, pois está explícito que o Estado e mais centralizado e sua intervenção ampliada. O conhecimento histórico sobre o período também é importante, pois após 1930 tivemos o fim da República das Oligarquias e dos privilégios do café e o início da “Era Vargas”, com uma política nacionalista e de conciliação de classes, tanto caracterizada por uma política própria para novas e velhas elites, como de cooptação da classe trabalhadora.  

 

Resposta da questão 6:
 a) Durante a Era Vargas, decorrente do movimento de 1930, a política econômica concentrou-se no estimulo a diferentes atividades produtivas, visando minimizar os efeitos da hegemonia da cafeicultura e, sobretudo promover a industrialização com vistas à substituição das importações.

 

b) No plano social, no início do governo Vargas foram concedidos os primeiros direitos trabalhistas e mais tarde, foram criadas a Previdência Social e a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Também foram legalizados os sindicatos, porém mantidos sob a tutela do Estado no que se convencionou chamar de “peleguismo”. Verifica-se ainda na Era Vargas, o início da aceleração do processo de urbanização